O caminho da Alemanha

A Alemanha chega para a sua décima oitava participação em Copas do Mundo como entrou nas últimas edições: apontada como favorita ao título. A expectativa dos torcedores alemães é a de que chegou a hora de uma geração talentosa, que amadureceu após as campanhas nos Mundiais de 2006 e 2010, levantar a taça. Atletas como o meio-campista Bastian Schweinsteiger, o lateral Philipp Lahm e o atacante Thomas Mueller, todos do multicampeão Bayern de Munique (ALE), além dos atacantes Mesut Özil e Lukas Podolski, companheiros no Arsenal (ING), são alguns exemplos.

Remanescente do vice-campeonato de 2002, o matador Miroslav Klose, da Lazio (ITA), chega para seu quarto Mundial como uma carta na manga do treinador Joachim Löw. Ninguém duvida da capacidade de marcar gols do maior artilheiro da história da seleção alemã e que pode ultrapassar o brasileiro Ronaldo como recordista de bolas na rede em Copas. São 15 tentos do “Fenômeno”, contra 14 de Klose.

Junte a eles novos valores, que disputam os principais campeonatos europeus, como os meio-campistas Toni Kross e Julian Drexler e os atacantes Mario Göetze e Andre Shuerrle. Por tudo isso, a Alemanha é uma das poucas equipes que pode não sentir ausências como a do zagueiro Holger Badstuber, do meio-campista Ilkay Gündögan, ou do atacante Marco Reus, todos lesionados.

A Alemanha é a equipe que mais vezes disputou finais de Copa do Mundo. Apesar disso, o saldo entre títulos (1954, 1974 e 1990) e vice-campeonatos (1966, 1982, 1986 e 2002) é negativo. O país ainda tem três Eurocopas (1972, 1980, 1996) e uma Olimpíada (1976) no currículo. Com uma campanha invicta, com noves vitórias e um empate, nas Eliminatórias, os alemães garantiram com tranquilidade a primeira colocação da chave e a vaga direta para 2014.

A estreia da Alemanha será diante de Portugal, na Fonte Nova, em Salvador, no dia 16 de junho. O segundo jogo será contra Gana, no Castelão, em Fortaleza. A partida está marcada para 21 de junho. Os germânicos encerram a fase de grupos contra os Estados Unidos, no dia 26. O palco será a Arena Pernambuco, em Recife. Os classificados do Grupo G se cruzam, nas oitavas de final, com as equipes do Grupo H, composto por Bélgica, Argélia, Rússia e Coreia do Sul.

 

Portal da Copa