Termina greve dos operários do Mineirão

20/09/2011 - 11:44
Acordo foi firmado entre representantes da empresa Minas Arena e do Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias de Construção Pesada de Minas Gerais.

Os operários que trabalham nas obras do Mineirão voltaram ao trabalho na manhã desta terça-feira (20.09), após acordo firmado entre representantes da empresa Minas Arena, responsável pela reforma do estádio, e do Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias de Construção Pesada de Minas Gerais (Siticop-MG). A audiência que selou o acordo foi realizada na tarde de ontem no Tribunal Regional do Trabalho (TRT).

Os cerca de 1.300 operários da construção civil estavam paralisados desde a última quarta-feira (14.09). Na data das celebrações dos mil dias para a Copa do Mundo de 2014, que contou com a presença da presidenta Dilma Rousseff e do ministro do Esporte, Orlando Silva, o Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil organizou uma manifestação na entrada da Arena, com a presença de cerca de 200 trabalhadores e carros de som.

A categoria reivindicava aumento salarial, com equiparação ao piso praticado em São Paulo, que é de R$ 1.100, reajuste no valor do ticket alimentação de R$ 60 para R$ 160 e melhorias nas condições de trabalho, como qualidade das refeições e dos alojamentos.

Ascom do Ministério do Esporte, com informações da Secopa-MG

 

Notícias Relacionadas

Centro Integrado de Comando e Controle regional realizou 1,1 monitoramentos diários e acompanhou 300 atividades essenciais durante os 31 dias do Mundial na capital mineira
+
Estimativa é que o volume recolhido aumente a renda de catadores em cerca de 100%. Legado de inclusão social e conscientização ambiental também é destacado
+
Durante o Mundial, a capital mineira recebeu 355 mil visitantes,que gastaram em média R$ 1,2 mil. A estimativa de retorno financeiro indireto é de R$ 1,6 bilhão
+
Ainda atordoados pela goleada contundente diante da Alemanha na semifinal da Copa, atletas comentaram a pane que tirou a equipe da decisão
+